sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Deus nos torna mais iluminados


A característica da maturidade esta em aprender a lidar com a vida que não precisa ser perfeita, que nós temos problemas, mas que ter problemas não significa que somos infelizes por isso, ter problema na vida não é ter vida infeliz, mas é preciso maturidade para conhecer os avessos, nem sempre estamos maduros pra conhecer os avessos, eu muitas vezes preciso de maturidade pra conhecer os avessos dos bastidores. Imaturidade é deixar de crer em Deus porque aquele padre tem defeito, e é por isso que temos que ser maduros para sabermos lidar com os contrários da vida.
Nós vamos morrer, com 80, 90, 100 anos vivendo um processo de aprendizado, porque sempre precisaremos de maturidade para lidar com os contrários da vida, é como um arquiteto que olha a beleza de um prédio construído, ele vai olhar a totalidade da obra, não apenas a porta, pode observar como nós sofremos quando uma pessoa é capaz de julgar a totalidade da sua vida através de um pontinho, ela leu aquilo e acha aquilo de você, e nisso esta a função de Deus em nós, quando vamos ficando serenos nos acontecimentos, quando deixamos de eleger as bobagens como fundamentais, falta de saber eleger o bom da vida como verdadeira causa de alegria e contentamento, ninguém nasceu maduro, nós vamos ficar à medida que a gente se entrega no processo de amadurecer, quando nós começamos abraçar a vida, quando a gente se empenha para polir esse metal que somos nós mas que esta embaçado, é como aquela prata que esta feia, que o tempo foi sujando e quem olha depressa não percebe que é prata, fica sem brilho, opaco, eu lembro lá em casa, minha mãe pegava Kaol e passava nas peças, mas também não foram poucas às vezes que minha mãe passou Kaol na minha cara, na alma da gente, quantas vezes a gente fica apagadinho e de repente você escuta aquela palavra, aquele conselho e ela deu um lustre em você e você voltou a brilhar, e é isso que queremos aqui independente da religião, eu não tenho medo de errar, hoje eu tenho certeza que todo ser humano tem o desejo de brilhar, eu não estou falando do brilho bobo, do palco iluminado, de luzes, estou falando daquele que te leva pra cama com satisfação, tou indo dormir sendo feliz, porque eu sou eu, alegria de ser quem a gente é, que Deus nos coloca numa ajuda extraordinária, pra que a gente não perca tempo sendo um metal apagado, quanto mais a gente amadurece nessa vida, maior será o brilho na nossa casa na nossa família, a pessoa que tem consistência no ser ela precisou ser amadurecida, olhe para a vida dos santos, foram homens e mulheres que buscaram no dia a dia um lustre na alma, descobriram que a vida é também espiritual, não é só matéria, quando nos mergulhamos no desejo de sermos melhores todo o céu esta em festa, e é isso que nós queremos ser melhores, com outra coisa nós não queremos perder tempo, é só isso que a gente quer, alcançar essa santidade que Deus nos oferece, não é um fardo é o contrario, Deus entra na nossa vida pra nos tornar mais Santos, melhorados, mais dinâmicos, mais felizes, mais iluminados, mais ilustrados, tudo que é bom nessa vida.
Pe. Fábio de Melo ( Direção Espiritual 20/08/2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário