domingo, 24 de julho de 2011

Eu não quero que você seja eu...

Um comentário:

  1. Muitas vezes as próprias pessoas roubam a si mesmas seja em qualquer sircunstância. É como se a própria pessoa criasse um mundo para si mesma. Eu sei bem o que é sentir assim, porque já passei por essa situação. Eu me tranquei dentro de mim, e só eu tinha acesso à chave. Mais graças a Deus hoje estou liberta de todos e o mais importante, liberta de mim mesma.

    ResponderExcluir

Almas perfumadas