quinta-feira, 26 de março de 2009

DEUS É CAPAZ


Me recordo que o amor verdadeiro sempre é colocado no jeito diferente a partir daquilo que a criatura amada recebe de cuidados. O amor de verdade que amadurece a vida, tem a tarefa e o dom. A gratuidade nos leva com o amor. E essa música que comecei o programa cantando é isso, de falar de amor, que Deus é capaz de nos curar e abrir mares para passarmos. O povo egípcio precisava atravessar o mar, lembra?

Naquele momento o povo questiona Moisés. Certamente ele ficou desapontado no momento. Mas Deus tinha feito a promessa. E o povo pensou que fosse ganhar tudo de graça de Deus. E Ele disse a Moisés: “Diga ao povo que caminhe”. Mas como caminhar na direção do mar, se não andamos sobre as águas? Mas na ação já havia uma parte do milagre acontecido.
Nessa metáfora do mar abrir, podemos aplicar na nossa história também. Deus nos ajuda quando damos passos. Uma religião é transformadora quando há gestos concretos. O que agrada a Deus não é só nosso braço pra cima louvando, mas quando me disponho a viver no hoje o que Deus faria se ele tivesse aqui.
Eu sou tenda onde Deus se faz presente...
Muitas vezes somos ingênuos achando que Deus vai resolver tudo sozinho, mas é preciso fazer a nossa parte.
Milagres acontecem na parceria entre o céu e a terra.
Estabelecer pontes com aqueles que estão sofrendo, é a divina participação humana. Deus perde no momento em que desisto.
A graça de Deus não deixa de ser derramada um minuto sequer, diz a teologia.
Não sei se você tem mares para atravessar, tem?

Tem uma personagem no meu livro ‘Mulheres de Aço e de Flores’, a mulher que quer conquistar um senhor do outro lado da rua dela. Ela diz que espera Deus abrir o mar da vida dela.
A minha bondade é alimentada pela bondade de Deus. Você muitas vezes não vê que ainda não fez o possível. Movimente, busque o que ainda pode ser feito. Não queira um milagre que você ainda não pode preparar. Pare de viver essa religião que nos ilude.

Eu nasci para ser humano e não anjo.

É na nossa humanidade que Deus quer agir.
Coloque os pés nesse mar que te assusta, e você irá ver a graça de Deus agindo e te ajudando a atravessar o mar.
Mesmo quando não acontecer o que você esperava.

Pe. Fábio de Melo scj
(Extraido do Programa direção Espiritual do dia 19/03/2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Almas perfumadas